Eu sou assim.

Minha foto
Nativo do "Camorão" a 57 anos, bem casado com Maria Odete a 34, três maravilhosos filhos, Matheus Vinicius, Marilia Julieta e Mathias Augusto, netos Maria Alice e Eduardo Augusto. Adoro ouvir rádio, sou movido a musica, leitura e informação e claro, movido pelo amor que tenho pela minha família.

Pensamentos e Ensinamentos.




"Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo".


(Oscar Wilde - dramaturgo e poeta irlandes 1854 -1900)

sábado, 22 de janeiro de 2011

Malditos Virus!!!!/Anjos que nos guardam.

Fui presenteado essa semana com um maldito virus, quase perdi tudo! Pior foi que, esse maldito invadiu meus emails e reenviou um monte deles pra meus amigos. Portanto se vc recebeu algo tipo;" frases de banheiro 2", delete, nem abra, e antes de ficar bravo comigo saiba que não foi eu que enviei!!! Caso abriu um conselho: passe um bom antivirus, (sugiro Bankerfix, é ótimo)troque suas senhas de tudo, pois esse danado é ladrão de senhas. Valeu?

Bem vamos à continuação da historinha da semana anterior. Desculpem pelo atraso.

Anjos que nos guardam. (parte II)

...Me bateu um desespero!
- Como eu iria fazer?
- A telefônica iria fechar!
- As chaves do carro em poder da funcionária! Meu Deus o que fazer!!!!! Sem nenhuma folha de cheques!
O cartão inutilizado! Quinta feira a tarde, a 500 kilometros de casa, e precisando voltar!!!!
Eis que apareceu um anjo do Senhor...
Um jovem senhor, um engenheiro civil, que estava logo atraz de mim na fila. Ao perceber meu desespero, e mesmo sem nunca ter me visto, apenas me perguntou quanto eu iria sacar? falei-lhe o quanto, e ele, sem titubiar sacou da sua conta e me emprestou o valor... deu me um cartão de visitas com o número da conta pra que eu pudesse depositar.
Não me pediu nada em garantia, sequer perguntou meu nome, nem de onde eu era, o que fazia, nada, absolutamente nada não! Agradeci, - Vai lá resolve seu problema, ele disse. Segui correndo á telefonica, pagar as ligações e voltei para a agencia bancaria e não mais o vi, nunca mais! No dia seguinte em Porto Alegre na agencia do Bradesco da Av. Sertório fiz um saque via autorização do meu gerente de Carazinho - Rs(origem da conta), e depositei o dinheiro na conta desse anjo da guarda que me socorreu, na confiança. Na semana sequinte voltei a Pelotas-RS, com o cartão de visita e o recibo do deposito, fui ao endereço e não o encontrei, deixei o recibo e fiquei de voltar , mas não o fiz, deixando para o dia seguinte e ...o tempo passou e acabei nunca mais voltando lá. Acabou que fui transferido para Pato Branco-Pr e nunca mais voltei àquela cidade. Assim é a vida!
Amigos são anjos enviados por Deus para nos salvar às vezes, nos amparar sempre e ajudar se preciso. Estamos sempre sendo protegidos por Deus e pelos seus “enviados”. Eu acredito nisso!

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Anjos que nos guardam.

Ainda no quesito Amigos, as vezes precisamos de socorro e infelizmente não temos um amigo por perto. Mas ai existe uma solução ...conquistar um novo amigo e pedir-lhe ajuda, simples não?
Nos idos de 1985 estava eu em Pelotas-RS, precisamente na Cia Telefonica ligando para a empresa em que trabalhava solicitando um suporte financeiro pois o carro que viajava, apresentou uma pane e precisou ser consertado, o que me deixou durango.
Na Telefonica (as atendentes já me conheciam), pedi que me fizessem a ligação, mesmo sem dinheiro, pois assim que a empresa efetuasse o depósito eu pagaria a ligação.
A agência bancaria era ao lado da telefonica, então deixei meu carro lá estacionado e fui telefonar. E como garantia deixei as chaves do carro na telefonica. Ligação feita me fui ao banco sacar os “pilas”, o banco já estava fechado. Entrei, depois de muita conversa.
Já na fila, nervoso pela situação comecei a apertar o cartão do banco(fazendo um arco na palma da mão), havia uns dois clientes a minha frente, quando chegou minha vez de tanto apertar o cartão, ele se partiu em dois pedaços, ficando INUTILIZADO!!!! Não dando para ler a tarja magnética!!!

(quer saber como acabou isso?....continua na próxima postagem...)

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Viajando, trabalhando e fazendo amigos

Sempre gostei muito de viajar, da estrada, conhecer novas estradas, cidades, novos caminhos e principalmente fazendo novos amigos.
Como vendedor pude conhecer muitas cidades do Rio Grande do Sul, do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás, alem de parte da Argentina e Uruguai. Nessas andanças a trabalho, conheci muitas pessoas, fiz muitos amigos, reencontrei outros tantos desencontrados na infancia e adolescencia aqui em Campo Mourão. Em Carazinho-Rs(onde morei) encontrei (em frente a um hotel)o grande e saudoso amigo Henrique Galbier (o Bode) indo para a praia do Cassino em Rio Grande (320km de Porto Alegre). Fiquei muito Feliz em rever esse companheiro de futebol e de Colégio.
Reencontrei, também depois de muitos anos o Sergio Gura (tenho noticias dele pelo Orkut) em Pato Branco-Pr. Eu trabalhava na Nortox Agroquimica e o Gura na Alpargatas, ambos como Supervisor de Vendas, jantou em minha casa, relembramos os tempos de guri, e que fui no aniversário de um ano da Rita de Cassia irmã dele. Puxa vida! Que bom relembrar essas coisas.
Ter e cultivar amigos é mais um de meus hábitos e que gosto de exercitar constantemente. Quero, por onde passar ter um amigo, pelo menos um conhecido. E já tenho muitos espalhados pelo mundo como o Serginho Tanigut no Japão, nos States o Betinho Nogaroli , o Zé Derly Parizotto em Castanhal no Pará, e muitos outros.

Hoje viajo como Guia/Vendedor conquistando clientes(e mais amigos é claro!)para compras nos Atacados em Cascavel, Maringá e Cianorte. Já fiz mais de uma dezena de novos amigos, e farei muitos mais ainda. Como canta o Roberto Carlos, “Eu quero ter um milhão de amigos...” to quase chegando lá! Hei você! quer ser meu amigo?

domingo, 9 de janeiro de 2011

Mudar pra ser feliz.

Mathias Augusto. Te amamos muito, sempre.
Feliz aniversário Filho! Deus te abençoe sempre!


Toda mudança requer vontade e decisão. Mudanças de hábitos, de cidade, de rumo.
Durante minha vida experimentei muitas mudanças que me fizeram crescer(como pessoa) e até engordar, por exemplo: quando casei pesava 57 kilinhos, corpo e peso de jóquei dizia meu pai, (nunca pensei em andar em cavalos...). Não comia cebola, alho nem pensar!!! Saladas muito pouco, nem de macarrão ou camarão, eu gostava, era só arroz feijão carne ou ovos fritos. Mas o tempo passa, as coisas mudam. O casamento muda nossos hábitos, aprendi a comer muitas coisas boas, e que me fizeram engordar e muito. Vício só tive um na minha vida o de (harrrgggg!!!) fumar. Mas graças a minha determinação e vergonha na cara, parei, e com isso, engordei mais um pouco.
Mas uma coisa eu não mudei e não abandonei, o habito de sonhar, acreditar e de lutar para tentar realizar as coisas. Muito pouco realizei, mas muito pretendo realizar. Mas a minha maior conquista, é minha familia, minha esposa e os tres filhos, que são meu maior e mais caro bem. Vejo por ai amigos meus, plenamente realizados financeiramente e profissionalmente, mas no plano familiar.....acabam por se entregar a vicios, a bebidas a remédios para depressão e tudo mais.
Mas enfim nem tudo poder ser perfeito, sempre existe um preço, uma compensação. Prefiro minha vida assim.
É, eu sou feliz!
ah.... mas se eu ganhasse na mega sena....!!!!!

domingo, 2 de janeiro de 2011

VENCERÁS! (Emmanuel)

Inspirado no filme que vi sobre Chico Xavier, publico aqui essa carta de Emmanuel, psicografada por ele. No meu entender, são lições que já aprendemos, mas que não praticamos.

Não desanimes.
Persistes mais um tanto.
Não cultive pessimismo.
Centralize-te no bem a fazer.

Esquece as sugestões do medo destrutivo.
Segue adiante, mesmo varando a sombra dos próprios erros.
Avança ainda que seja por entre lágrimas.
Trabalha constantemente.

Edifica sempre.
Não consinta que o gelo do desencanto
te entorpeça o coração.
Não te impressione ante a dificuldade.

Convença-te de que a vitoria espiritual
é construção para o dia a dia.
Não desista da paciência.
Não creias em realização sem esforço.

Silêncio para a injúria.
Ouvido para o mal.
Perdão às ofensas.

Recorda que os agressores são doentes.
Não permitas que os irmãos desequilibrados
destruam teu trabalho ou apaguem a esperança.
Não menosprezes o dever que a consciência te impõe.

Se te enganaste em algum trecho do caminho,
reajusta a própria visão e procura o rumo certo.
Não contes vantagens, nem fracassos,
estuda buscando aprender.
Não te voltes contra ninguém.

Não dramatizes provocações ou problemas.
Conserva o habito da oração, para se que te faça tua na vida intima.
Resguarda-te em Deus, persevera no trabalho que “ELE” te confiou.
Ama sempre, fazendo pelos outros o melhor que possas realizar.

Age auxiliando.
Serve sem apego.
E assim, VENCERÁS!