Eu sou assim.

Minha foto
Nativo do "Camorão" a 57 anos, bem casado com Maria Odete a 34, três maravilhosos filhos, Matheus Vinicius, Marilia Julieta e Mathias Augusto, netos Maria Alice e Eduardo Augusto. Adoro ouvir rádio, sou movido a musica, leitura e informação e claro, movido pelo amor que tenho pela minha família.

Pensamentos e Ensinamentos.




"Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo".


(Oscar Wilde - dramaturgo e poeta irlandes 1854 -1900)

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

1971.

O sábado fora muito quente, e a longa estiagem persistia. Nossa casa estava em reformas, aproveitando o tempo de estiagem, estava recebendo pinturas, assoalho com aplicação de Sinteko bem como, janelas novas,reformas anunciando natal e ano novo. Os móveis estavam amontoados pelos quartos existentes fora da casa, dormiamos no escritório do nosso pai. Para nós, a “bagunça”era uma festa, o fato de termos que dormir no escritório era como uma diversão. Eu, então com 13 anos, cuidava dos irmãos menores, Gudé ( José Eugenio), Rasbico (Euro) e Nani, (Enio), todos crianças ainda. No domingo iriamos recolocar os móveis no velho casarão, pois o Sinteko já estava seco e o cheiro já era suportável, nossa mãe prometeu um belo almoço no domingo pra que ajudassemos a recolocar as coisas nos devidos lugares, não viamos a hora de voltar pra nossa velha, agora renovada casa.
Depois de assistir tv, fomos dormir num sofá cama enorme, onde nós quatro ficavamos de “conversa fiada” e rindo das estripulias do dia, até que nossa mãe nos mandasse calar, senão....
Acordei com um barulho imenso e com o Gudé (que lavou a Santa pra agradar a mãe...)chamando a mãe, pra falar que o Enio havia feito xixi na cama(rsrsrsr), acordamos com a cama alagada, o Nani(Enio) sentado e com os olhos arregalados estava mudo, e assim permaneceu por um bom tempo, um dia talvez, não lembro. Nosso pai estava parado à porta do escritório, estarrecido com o que acabara de acontecer havia água e pedras enormes de gelo por todos os cantos, cacos de vidro e de telhas, essa foi a maior tempestade de granizo já vista por aqui. Nossa casa era coberta de telhas de barro, nenhuma ficou inteira, o vistoso Aero Willis azul celeste, estava coberto de telhas quebradas e todo amassado, a casa com novo assoalho sintekado, alagada, roupas mantimentos, móveis, documentos fiscais do escritório tudo encharcado...Corria o ano de 1971, o dia era 26 de setembro, domingo cinco e meia da manhã foi um dia que jamais esquecerei.

Adeus amigo!
Fernando Ferreira Gonçalves o Fefê,(Sushi Bar) amigo e vizinho desde a infância, nos deixou subitamente dia 25 de setembro, levou com ele a simpatia, a jovialidade dos seus 48 anos, e a certeza de ter sido um excelente amigo, sentirei tua falta amigo, descanse em paz.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Sofrendo Ameaças!!!

Quer discutir politica?
Discutiremos então!
Quer debater sobre as propostas dos nossos candidatos?
Debateremos então!
Mas não insista nessa ignorante idéia de querer me agredir verbalmente e ameaçando partir para ameaça fisica.
Se você tem algum problema com os que eu apoio, acerte com eles!
Deixa eu trabalhar, não me atrapalhe, e não fica mandando recados ameaçadores pelos outros, nem me ameaçando por onde eu passo!!!
Afinal eu não entendo porque isso? Se você mesmo disse que nem me conhece! Nem sabe quem sou!!! e anda dizendo por ai que “a cidade ficou pequena pra nós dois...” que eu vou saber porque você é conhecido como “Zé do Caixão” entre outras coisas. (Pra mim você não passa de um ex funcionário de funerária, por isso esse apelido idiota).
Pois ficará sabendo quem sou ao receber intimação para dar explicações a Policia, por ameaças a minha pessoa.

Esse texto é dedicado a um cabo eleitoral (contrário ao meu candidato) que resolveu um dia que iria descarregar toda a sua frustração politica, pessoal, (e outras mais) no primeiro adversário que visse pela frente, e que, por acaso sobrou pra mim...
Ninguém e nem eu, mereço!!!

sábado, 18 de setembro de 2010

Conquista.

Parabéns meu filho, você merece!
Sentimos a cada dia que passa, mais orgulho de você.
Temos a certeza que esse foi apenas mais um degrau, mais uma vitória das muitas que conquistarás pela vida profissional e pessoal.
Sabemos o quanto você é dedicado e inteligente que, com seu jeito manso mas com muita garra atinge seus objetivos.
Te amamos muito! Parabéns!


Sufrágio.
Podemos mudar, pelo voto.
Podemos tornar pior, pelo voto.
Podemos melhorar ou piorar pelo voto.
Portanto devemos pensar bem antes de votar.
Vote consciente, conheça bem as propostas e o passado de seus candidatos.
Lembre-se, votou tá votado não tem como voltar e se arrepender, não antes da próxima eleição.

sábado, 4 de setembro de 2010

Abandono da cidade.

Estou em campanha politica, trabalhando para os meus candidatos. E o cansaço do final do dia me deixa com prequiça de escrever para o Blog, peço desculpas.
Tenho andado pela cidade e com isso posso ver de perto em alguns casos, o abandono que nossa cidade se encontra, é uma pena. Em muitos bairros o asfalto que tem está esburacado, pouquíssimas placas de sinalização, falta iluminação, falta humanização. Não se vê funcionários da prefeitura fazendo manutenção básicas como, pintar meios-fios, muros dos colégios etc. Devem estar, como eu, fazendo campanha, por isso não sobra tempo pra cuidar da cidade. Alguns exemplos de descaso da administração atual, sem falar nas Obras inacabadas (Barracões Industriais e Quadra de esportes), asfaltos se degradando nas avenidas centrais, árvores e pessoas sendo assassinadas em plena luz do dia, e da noite.
Essa é a cidade que o Prefeito está “loteando” aos para-quedistas, visto que desesperado tenta eleger sua parente a qualquer custo, até fazendo conchavos com quem aparecer e oferecer dinheiro e sabe se lá mais o quê para a campanha, esquecendo da ética, e acima de tudo do respeito àqueles que o elegeram. Precisamos de gente séria, que trabalhe pelo povo e não que o compre com bolas e camisas de futebol e nem pague rodadas de cerveja pelos butecos que, quem sabe até, nem alvará possuem.
Pena que a eleição desse ano seja majoritária.