Eu sou assim.

Minha foto
Nativo do "Camorão" a 57 anos, bem casado com Maria Odete a 34, três maravilhosos filhos, Matheus Vinicius, Marilia Julieta e Mathias Augusto, netos Maria Alice e Eduardo Augusto. Adoro ouvir rádio, sou movido a musica, leitura e informação e claro, movido pelo amor que tenho pela minha família.

Pensamentos e Ensinamentos.




"Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo".


(Oscar Wilde - dramaturgo e poeta irlandes 1854 -1900)

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Amigos que se foram.

O tempo passa para todos. Passamos à vida lutando, caindo e levantando.
E o que nos mantém sempre alerta são as amizades que vamos colecionando pelos caminhos da vida. Bons amigos construímos com nossas ações, sinceridade, compreensão e acima de tudo com respeito às condições, profissão ou religião de cada um, isso é primordial. Respeito é o alicerce mais sólido para se construir uma boa e sincera amizade.
Esse mês perdi dois grandes amigos, que ao longo das suas vidas, cada um a seu tempo e modo, me ensinaram muita coisa que com certeza levarei e passarei adiante.
Mario Miranda, de mãos hábeis para a massagem e palavras fáceis para a mensagem sempre de otimismo e fé. Sabia nos aliviar as tensões e dores não só pelo profundo conhecimento da arte de massagear, mas também pelas palavras de animo e positivismo e carinho para com os amigos e era fácil ser amigo do Mario ou, Marinho como eu o chamava. Pequeno (como eu) mas um grande ser humano, pai exemplar e dedicado aos filhos Ricardo, Marcio e Denise, os quais soube educar ensinando os verdadeiros valores da vida. Tenho certeza que de onde você estiver, estará sempre sorrindo. e pode ter certeza que a tua missão terrena foi cumprida com maestria e galhardia. Descanse em Paz amigo!

Amigo de nossa Familia desde “piá” como dizia meu saudoso Pai Eloy, se foi pra morar junto do Pai, João Lenartowiscz, o João Encanador. Crescemos eu e meus irmãos, ouvindo nossa mãe pedindo pra chamar o João pra fazer alguma coisa lá em casa.
Era um exímio encanador, mas encarava qualquer coisa, pintava, reformava, trocava telhados, fazia o que pedisse pra fazer, sem às vezes se importar com os valores a serem cobrados. ”Seo João“ era um homen simples de boa educação, calmo e de fala mansa, gostava de uma boa prosa, um golinho de pura e um cigarrinho.

Aprendi muitas coisas com ele, principalmente a consertar alguma coisa, a manusear e conhecer as ferramentas certas para cada tipo de serviço. Sempre quando tinha algum serviço em casa eu era seu ajudante, segurando alguma tabua pra ele cortar, alcançando alguma ferramenta, enchendo o saco com perguntas às quais ele respondia sem jamais reclamar.

Às vezes minha mãe dizia; “deixe o João trabalhar piá!” Ele respondia, que e não incomodava não, pois eu o ajudava a fazer o serviço e aprendia, assim o dia passava mais rápido. Sentiremos a tua falta amigo! Vá em Paz, aprendi muito com você!

sábado, 10 de abril de 2010

Até Quando!

Até quando teremos que escutar denuncias de corrupção?
Até quando vamos nos decepcionar com nossos governantes?
Dinheiro na cueca!
Morto que é demitido, readmitido e o pior, continua sacando o gordo salario!
E o nosso presidente da casa, é igual ao presidente de lá...acha tudo normal.
Nepotismo é normal, ser amigo do Bibinho é normal! Tudo normal.

Bem, depois daquele jogador não achar nada demais ser amigo de traficantes e assassinos e desfilar ao lado deles ...nada mais nos deve assustar!
Outubro tá ai, e como diz o Ely Rodrigues Daniel:- "Fungando no cangote"!
Façam suas escolhas e ajudem a limpar a casa, a nossa Casa Brasil.