Eu sou assim.

Minha foto
Nativo do "Camorão" a 57 anos, bem casado com Maria Odete a 34, três maravilhosos filhos, Matheus Vinicius, Marilia Julieta e Mathias Augusto, netos Maria Alice e Eduardo Augusto. Adoro ouvir rádio, sou movido a musica, leitura e informação e claro, movido pelo amor que tenho pela minha família.

Pensamentos e Ensinamentos.




"Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo".


(Oscar Wilde - dramaturgo e poeta irlandes 1854 -1900)

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Jovens demais para morrer!

Vida começando. Vida ceifada!
Doze, treze, quatorze anos. Tempo de descobrir, de se descobrir.
De amar, de sonhar. Primeira etapa, passagem.
Hora de aprender a andar rumo aos sonhos e as conquistas.
Idade do sorriso fácil, do autoconhecimento, das novas e sinceras amizades.
Da coragem, do enfrentamento, pois tudo e fácil viver é inocentemente fácil.
Tempo de internet, fofocar, estudar, desenhar corações no cyber espaço.
Biquinhos nas fotos, nunca mais!
Apaixonar-se pelo que está na moda, criar e ditar costumes.

Viver, esse é o objetivo de quem está nessa idade.
Meninos e meninas, inocentes crianças.

Ai aparece um louco, imbecil que armado as expulsa para sempre desse mundo, sem nenhuma explicação que possa confortar.Levando para sempre a pureza, matando os sonhos sem dar-lhes a chance de ao menos contestar.
Nada vai amenizar a dor da imensa ferida aberta nos corações e mentes das famílias desses jovens.
Nada irá justificar esse ato bárbaro e satânico.
Ninguém poderá responder os muitos porquês dessa estupidez.
Nem mesmo traçando o perfil desse assassino, trará a luz da vida o porquê dessa estupidez.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Transito de Campo Mourão.

Hoje (06/04/2011), em conversa com meu amigo Miltinho do Bar do mesmo nome, falávamos sobre o transito de Campo Mourão. Nosso transito é uma vergonha, desorganizado, sem lugar pra estacionar e pior sem fiscalização satisfatória. Há muito tenho tentado alertar para isso, mas quem sou eu? Apenas um morador nascido aqui e observador contumaz das coisas da nossa cidade. Embora não sendo ninguém tão importante assim (para alguns), eu penso que muitas coisas devem e precisam ser melhoradas em nossa cidade, a começar pela regulamentação e principalmente a fiscalização do transito nas ruas e avenidas. Hoje mesmo, enquanto tomava um cafezinho, observei um caminhão de uma grande empresa de transporte de veículos, simplesmente parou a dita “jamanta” na contra mão em fila dupla e com o pisca alerta ligado efetuou a descarga dos veículos, ignorando as leis de transito. Há muito eu venho observando esse processo de carga e descarga, alguns motoristas fazem o que querem e ninguém (menos eu) faz nada! A minha parte eu tento fazer, enviando E-mail com fotos às muitas empresas que vem descarregar mercadorias em nossa cidade. Confesso que com raras exceções muitas, assim como fazem com as leis de transito, ignoram! Resolvi fazer diferente em caso de não haver resposta, e não tomarem providencias, vou publicar em meu blog as fotos que tiro desses abusos, estampando a marca dessas empresas e até mandando para outros sites, jornais e TVs do estado.

Outra coisa com relação à ciclovia da Kennedy, aquilo lá virou uma pista de caminhada. Dia desses fui ao Parque Industrial de bicicleta e quase fui expulso da ciclovia por três dondocas que estava ali desfilando suas gordurinhas, alguns ciclistas ou bicicleteiros, desviavam das moçoilas, eu não! Meu amigo Miltinho disse que falta sinalização avisando que é uma ciclovia, mas há. Mas quem sabe mudando o nome para “bicicletovia” o povo aprende pra que serve.
Por isso eu sempre falo que Transito é questão de Educação e também, bom senso.