Eu sou assim.

Minha foto
Nativo do "Camorão" a 57 anos, bem casado com Maria Odete a 34, três maravilhosos filhos, Matheus Vinicius, Marilia Julieta e Mathias Augusto, netos Maria Alice e Eduardo Augusto. Adoro ouvir rádio, sou movido a musica, leitura e informação e claro, movido pelo amor que tenho pela minha família.

Pensamentos e Ensinamentos.




"Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo".


(Oscar Wilde - dramaturgo e poeta irlandes 1854 -1900)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Um mês sem nosso querido Arthur.

Não mais o sorriso da alegria
Não mais a palavra de fé
Não mais o abraço amigo
Não mais a lágrima da conquista
Nunca mais a vida...
Para sempre reina a saudade!

Vencerás!

Vê que existem montanhas
Que não são intransponíveis...
Vê que as barreiras estão na sua mente.
Nada muda se você não quizer que mude...
Nem Deus muda se voce não quizer, só depende de você!
Vê que isso está te fazendo mal, que está acabando com as tuas sensações.
Teus sentimentos, tuas emoções vê! Estão secando.
Vê que está perdido, e indo de encontro ao fim?
Não chegue ao fim sem nada ter feito para mudar
Tente mais uma vez, e mais uma, e mais outra...
Não desista da luta, nunca!
Lute! Mas lute com fé e vencerás!


Mais um tiro na escuridão!

Um góle
Um copo.
Uma garrafa
um porre outro góle...
Mais um porre, e outro e outro...vício.
Um tragada, um baseado...
Uma cheirada, uma pedrada...vício
e a entrega total a miséria da dependência!
Uma tragédia anunciada!
Pra sustentar o vício...roubo, prisão!
Dívida pra ser paga com a própria vida.
Bam! Bam!Bam! “- tá lá o corpo estendido no chão...”
Começo e fim de um vício!

terça-feira, 20 de julho de 2010

Amigos

Hoje é dia do Amigo(a), a todos vocês, dedico uma oração, uma canção e um abração.
Tenho amigos em cada canto desse pais, graças a Deus.
Amigos excelentes mecanicos, amigos politicos, amigo que trabalha em posto.
Amigo borracheiro, amigos Médicos, bom de bola, bom de prosa, de piada, colecionadores e contadores de historias como eu.
Amigos Policiais, Jornalistas, Radialistas, Vendedores, Jardineiros,Padeiros Cabeleireiros e Barbeiros, amigos Pedreiros e Carpinteiros, Arquitetos e Engenheiros.
Amigo bicheiro, bilheteiro, engraxate.
Amigo Empresario, proprietário e proletário.
Amigo eficiente.
Amigo especial ou deficiente.
Cachorro amigo também tenho, só não tenho (e nem quero), um amigo cachorro.
Amigos e amigas de infancia e de colégio tenho muitos.
Amigos(a) de longe e de perto, do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná (onde tenho muitos), São Paulo, passando por Minas e Goias, Pernambuco e até de Castanhal no Pará.
Amigos e irmãos(as) que são meus melhores e mais sinceros amigos.
Amigos que são como irmãos, que gostam do que eu escrevo, que me acham legal, e as vezes... chato, mas tudo bem eu não ligo.
Amigos, eu sou da paz e quero paz.
Amigos do Orkut, Facebook, leitores deste Blog.
Amigos que acham que eu (penso que...) sei de tudo, sei nada não, sou aprendiz assim como vocês.
Amigos que acreditam e aceitam o que eu digo.Outros que duvidam...
Amigos que gostam do meu bom humor.
Amigos bem mais jovens que eu, ou mais velhos.
Amigos que não dou lucro, mas prejuizo também não.
Amigos torcedores do Santos, Internacional e Botafogo como eu. Como assim três times?!?!
Amigos ricos, outros só fazendo pose e muitos, nem tanto.
Amigos verdadeiros e inseparáveis, minha esposa Dete e meus filhos Matheus, Marilia e Mathias amigos para toda a vida.
Amigos que se foram e com certeza deixaram saudades.
Amigos que ainda virão e serão bem recebidos.
Amigos que guardo e guardarei dentro do peito, cada um de vocês com seu jeito especial de ser.
A vocês amigos, minha admiração e respeito pelo que vocês representam na minha vida.
Obrigado pela amizade e pela consideração.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Vivendo a Vida.

Vida que segue
Luta que continua
Relogio que não para
Dor que não cessa
Saudade que só aumenta

Saudade de quem se foi
Dor da partida abrupta
Relogio que fez o tempo passar
Lutar vencer ou perder
Vida pra viver

Assim vamos
Seguindo na luta
Contando as horas que não passam
Por causa da dor da saudade que só
nos abraça e ri da nossa dor.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Eloy Maciel Filho, "Tioloizinho." (21/4/52 - 2/7/2010)



Está sendo difícil viver sem teu sorriso meu irmão querido, meu companheiro de toda vida. Mesmo sem falar me ensinou muito, a ser valente, ter coragem para enfrentar a vida sempre com um sorriso enorme no rosto.
Sempre iamos ao cinema juntos assistir um "farwestão" (como dizia nosso pai),comemos muitos lanches no Vivaldo, no Zézinho(hoje Pastelaria Tókio)no Raul(Lanchonete Aquarius), ficavamos horas na esquina da Farmacia América olhando e mexendo com as as meninas. Compramos(escondidos é claro)muitas revistas de "mulher pelada". Viajamos bastante pelas cercanias de Campo Mourão, Araruna, Roncador, Janiópolis, adorava dirigir e o fazia com extremo cuidado e habilidade. As vezes xingava(fffiado,fffiiadaputa )e gesticulava, quando alguem fazia uma "barbeiragem" no transito para depois rachar de rir. Assim era o "TU" (assim o chamávamos)com a vinda de nossos filhos passou a ser o "Tioloizinho," xodó dos sobrinhos. Assim será sempre lembrado, com esse sorriso ele nos amava e era também amado. Que saudades, que vazio, que silencio a tua ausência causou em nossas vidas.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Arthur (30/06/1954 - 30/06/2010) Descanse em Paz Amigo!


"Ôrra mêu pódi ter certeza cara," você vai viver eternamente em nossos corações.
Amigo.
(Roberto e Erasmo Carlos)
Você meu amigo de fé meu irmão camarada, amigo de tantos caminhos
de tantas jornadas
Cabeça de homem mas o coração de menino, aquele que está do meu lado
em qualquer caminhada
Me lembro de todas as lutas meu bom companheiro, você tantas vezes provou
que é um grande guerreiro

O seu coração é uma casa de portas abertas, amigo você é o
mais certo das horas incertas

As vezes em certos momentos difíceis da vida, em que precisamos
de alguém para ajudar na saída
A sua palavra de força de fé e de carinho, me dá a certeza de que eu nunca
estive sozinho

Você meu amigo de fé meu irmão camarada, sorriso e abraço festivo da minha chegada
Você que me diz as verdades com frases abertas, amigo você é o mais
certo das horas incertas
Não preciso nem dizer, tudo isso que eu lhe digo, mas é muito bom saber,
que você é meu amigo

Não preciso nem dizer, tudo isso que eu lhe digo, mas é muito bom saber
que eu tenho um grande amigo!
Minha homenagem a meu querido cunhado Arthur Pereira, irmão e amigo sincero.